sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Uma história de Natal para contar.

Pois é. Aconteceu quando eu tinha uns quatro ou cinco anos. Eu parei de acreditar no Papai Noel. Foi assim:

O Papai Noel foi á nossa escola e deu um presente a cada um. Meninas, bonecas. Meninos, carrinhos. Então, quando meu avô foi me buscar, o Papai Noel pediu carona para ele. E eu assim "E as renas? O polo norte? Meu vô não pode ir até o polo norte!". Acontece que ele morava em um bairro não muito longe dali. FIM!

Bom. Acho que vocês pensaram que ia ser MAIS UMA história com moral. E na verdade é: "Nunca dê carona para o Papai Noel, ou não vai mais acreditar nele." Beijomeliga!

2 comentários:

  1. kkkkkkkk! muito boa a história!
    bjo! Tatá!

    ResponderExcluir
  2. ih , o sujeito ai de cima é meio burro! rsrsr!

    ResponderExcluir